Divulgação

Por: Eloir Vieira

“E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso e para vencer” (Ap 6.2).

Consideramos que esse cavaleiro se trata do anticristo, pois vem imitando Jesus, montando um cavalo branco que significa paz; entretanto usa um arco com flecha (arma de um guerreiro “Jesus usa espada”); a coroa significa um poder que lhe será dado para sair vitorioso e para vencer; Jesus já venceu! A Palavra diz que, quem libera, não apenas esse, mas, quatro cavaleiros, é Jesus, o Cordeiro (Ap 6.1-8). Só Jesus é digno de abrir o livro e desatar os sete selos (Ap 5.5). A vinda de Jesus, será no final (Ap 19.11-16).

O anticristo vem antes de Jesus, num tempo em que as pessoas se apostatarão totalmente da fé: “Ninguém, de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2ªTs 2.3,4).

Jesus virá no final da Grande Tribulação (Ap 19.11-16), depois de um período de sete anos literais, uma semana em profecia governo do cavaleiro (Ap 6.2): “E ele firmará um concerto com muitos por uma semana; e, na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador” (Dn 9.27).

Jesus virá após grandes sinais no céu e na terra: “E haverá sinais no sol, e na lua, e nas estrelas, e na terra, angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas; homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, porquanto os poderes do céu serão abalados. E, então verão vir o Filho do Homem numa nuvem, com poder e grande glória” (Lc 21.25-27); “E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte” (Ap 6.13).

A igreja será livrada da Grande Tribulação! Quando a igreja for arrebatada, nada mais impedirá Satanás de trabalhar livremente por meio do anticristo, do falso profeta e de todos os seus servos: “E, agora, vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que, agora, resiste até que do meio seja tirado; e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda” (2ªTs 2.6-8).

Estejamos prontos para sermos arrebatados antes da manifestação do anticristo. Jesus está voltando; levará os que estiverem esperando por Ele (Hb 9.28; Ap 3.11).

FONTE: PONTA PORA INFORMA

Comentários