Foto: 3ª CIPM

Ferimento que precisou ser suturado também foi causado por uma agressão de seu cônjuge nessa terça-feira (12).

Uma mulher de 39 anos, moradora da vila Martins em Amambai, viveu momentos de terror neste feriado de 12 de outubro. Ela foi agredida por seu companheiro, de também 39 anos, e chegou a ter pontos de sutura arrebentados devido as agressões.

De início, durante uma briga ocorrida durante o dia, o homem a empurrou contra uma taça quebrada, o que fez com que ela sofresse um corte profundo em uma das nádegas. Ela procurou ajuda e levou pontos no ferimento.

Após chegar em casa, mesmo com o ferimento inicial suturado, as brigas não pararam e ela continuou sendo empurrada pelo companheiro até que a Polícia Militar foi acionada, por volta das 1h já desta quarta-feira (13), por uma testemunha.

Ao chegarem ao local, os policiais precisaram arrombar a porta da residência. Isso porquê o homem e a vítima não atendiam o chamado da guarnição. Após a entrada na residência, os militares precisaram lançar mão de algemas para conter o companheiro da vítima, que estava exaltado inclusive com a guarnição da PM.

A mulher contou aos policiais que o homem a pegou pelos punhos, jogou contra a taça quebrada e, posteriormente a derrubou novamente, o que fez com que os pontos de sutura utilizados para tratamento da primeira agressão, acabassem se rompendo. Ele ainda a ameaçava de morte, segundo o boletim de ocorrência.

Ao ser apreendido pelos policiais, o homem apresentava ferimentos no rosto causados pelas unhas da vítima enquanto esta tentava se defender.

FONTE: AMAMBAI NOTÍCIAS

Comentários