Caruaru/PE – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (3/12) a Operação Pseudônimo, com o objetivo de investigar suspeito de estupro de duas vítimas menores, bem como de armazenamento e produção de pornografia infantil. Foram cumpridos um mandado de busca e apreensão e um de prisão preventiva.

Além disso também foi identificado inúmeras imagens e vídeos de conteúdo pornográfico infantil em ambos os celulares de sua propriedade. No auto de cumprimento da busca também foi realizada a sua prisão preventiva. Toda a ação foi acompanhada por conselheiros tutelares.

O suspeito é acusado de vários crimes de estupro de vulnerável, produção de cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente e armazenamento de imagens contendo abuso sexual infantil, tipificados nos artigos 240, 241-B Estatuto da Criança e do Adolescente e artigos 217-A e 218-A do Código Penal, cujas penas somadas ultrapassam os 30 anos de reclusão.

O preso, após ter sido autuado na Polícia Federal em Caruaru/PE, com sua prisão preventiva confirmada na audiência de custódia, foi encaminhado para o sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Fone: (81) 2137-4076
E-mail: [email protected]

Comentários